JUROMENHA / GUERRA DAS LARANJAS

SENTENÇA do Conselho de Guerra, a que Sua Alteza Real o Principe Regente nosso senhor mandou proceder por Aviso da Secretaria de Estado dos Negocios da Guerra, datado de Abrantes aos 26 de Junho de1801, para nella ser julgado o Tenente Coronel Verissimo Antonio da Gama Lobo, Governador que foi da Praça de Juromenha, por haver rendido intempestivamente, e sem a minima defeza a sobredita Praça..

SENTENÇA do Conselho de Guerra, a que Sua Alteza Real o Principe Regente nosso senhor mandou proceder por Aviso da Secretaria de Estado dos Negocios da Guerra, datado de Abrantes aos 26 de Junho de1801, para nella ser julgado o Tenente Coronel Verissimo Antonio da Gama Lobo, Governador que foi da Praça de Juromenha, por haver rendido intempestivamente, e sem a minima defeza a sobredita Praça..

Ref.: A0324

Não Disponível
Notificar-me quando disponível
Inserir Dados

SENTENÇA DO CONSELHO DE GUERRA, A QUE SUA ALTEZA REAL O PRINCIPE REGENTE NOSSO SENHOR MANDOU PROCEDER POR AVISO DA SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGOCIOS DA GUERRA, DATADO DE ABRANTES AOS 26 DE JUNHO DE1801, PARA NELLA SER JULGADO O TENENTE CORONEL VERISSIMO ANTONIO DA GAMA LOBO, GOVERNADOR QUE FOI DA PRAÇA DE JUROMENHA, POR HAVER RENDIDO INTEMPESTIVAMENTE, E SEM A MINIMA DEFEZA A SOBREDITA PRAÇA..

P.f. preencha e envie o formulário - quando esta obra estiver disponível receberá um e-mail automático a dar-lhe conta
Nome
Endereço de e-mail

(Lisboa): Na Regia Officina Typografica, s.d. (1802).- 6p.; 30cm.-C

Condenação à morte (comutada em degredo para Angola) deste oficial superior por ter rendido a Praça forte de Juromenha perante as forças Espanholas, durante a Guerra da Laranjas.

Cartonagem em papel marmoreado.



Mais obras do(s) tema(s)   Militaria  |   Invasões francesas