CRATO - (Priorado do)

ALVARÁ, e Decreto, por que sua Alteza Real o Principe Nosso Senhor houve por bem extinguir a Mesa Prioral do Crato, sua Contadoria, e Thesouraria, com todos os Officios, de que se compunhão, unindo toda a sua Jurisdicção, e Obrigações, que nellas exerciam os Ministros, e Officiaes extinctos, á Junta, Contos, e Thesouraria da sua serenissima Casa do Infantado...

ALVARÁ, e Decreto, por que sua Alteza Real o Principe Nosso Senhor houve por bem extinguir a Mesa Prioral do Crato, sua Contadoria, e Thesouraria, com todos os Officios, de que se compunhão, unindo toda a sua Jurisdicção, e Obrigações, que nellas exerciam os Ministros, e Officiaes extinctos, á Junta, Contos, e Thesouraria da sua serenissima Casa do Infantado...

Ref.: B0606

Não Disponível
Notificar-me quando disponível
Inserir Dados

ALVARÁ, E DECRETO, POR QUE SUA ALTEZA REAL O PRINCIPE NOSSO SENHOR HOUVE POR BEM EXTINGUIR A MESA PRIORAL DO CRATO, SUA CONTADORIA, E THESOURARIA, COM TODOS OS OFFICIOS, DE QUE SE COMPUNHÃO, UNINDO TODA A SUA JURISDICÇÃO, E OBRIGAÇÕES, QUE NELLAS EXERCIAM OS MINISTROS, E OFFICIAES EXTINCTOS, Á JUNTA, CONTOS, E THESOURARIA DA SUA SERENISSIMA CASA DO INFANTADO...

P.f. preencha e envie o formulário - quando esta obra estiver disponível receberá um e-mail automático a dar-lhe conta
Nome
Endereço de e-mail

Lisboa: Na Officina de Antonio Rodrigues Galhardo, 1793.-.-18p.;29cm.-B.

Como através de um Breve de Pio VI de 1789 este extenso e valioso senhorio que abrangia vasta extensão de território de um e do outro lado do Tejo, passou a estar integrado na Casa do Infantado que por seu lado também tinha "Officios " próprios, não se justificava manter em duplicado os do Priorado do Crato. Pagina de rosto adornada com as armas de Portugal.

n.d.



Mais obras do(s) tema(s)   Legislação antiga  |   Regionalismo