LISBOA - Barcos - Tejo

ALVARÁ porque V.M. ha por bem declarar o como devem ser construidas as Embarcaçoens que se ocuparem nos transportes , que se fazem de Lisboa para Belem, e mais Pórtos da sua vizinhança; as formas, e medidas dellas, e as qualidades, que hão de ter os seus respectivos Patroens: Ordenando, que todas as que forem achadas contra o disposto no dito Alvará, sejão queimadas, e aos Patroens se lhes imponhão as pennas nelle expressas...

ALVARÁ porque V.M. ha por bem declarar o como devem ser construidas as Embarcaçoens que se ocuparem nos transportes , que se fazem de Lisboa para Belem, e mais Pórtos da sua vizinhança; as formas, e medidas dellas, e as qualidades, que hão de ter os seus respectivos Patroens: Ordenando, que todas as que forem achadas contra o disposto no dito Alvará, sejão queimadas, e aos Patroens se lhes imponhão as pennas nelle expressas...

Ref.: E200

Não Disponível
Notificar-me quando disponível
Inserir Dados

ALVARÁ PORQUE V.M. HA POR BEM DECLARAR O COMO DEVEM SER CONSTRUIDAS AS EMBARCAÇOENS QUE SE OCUPAREM NOS TRANSPORTES , QUE SE FAZEM DE LISBOA PARA BELEM, E MAIS PÓRTOS DA SUA VIZINHANÇA; AS FORMAS, E MEDIDAS DELLAS, E AS QUALIDADES, QUE HÃO DE TER OS SEUS RESPECTIVOS PATROENS: ORDENANDO, QUE TODAS AS QUE FOREM ACHADAS CONTRA O DISPOSTO NO DITO ALVARÁ, SEJÃO QUEIMADAS, E AOS PATROENS SE LHES IMPONHÃO AS PENNAS NELLE EXPRESSAS...

P.f. preencha e envie o formulário - quando esta obra estiver disponível receberá um e-mail automático a dar-lhe conta
Nome
Endereço de e-mail

(Lisboa): Impresso na Officina de Manuel Rodrigues, 1765.- 4p.; 32cm.-C

Interessante alvará a definir como devia ser feita a construção de alguns barcos que trabalhavam no Tejo. Com evidente interesse olisiponense e para história da náutica portuguesa

Cartonagem em papel estampado. Dobras antigas na segunda folha com manchas.



Mais obras do(s) tema(s)   Marinha / Navy  |   Lisboa  |   Náutica