ESTRADAS.- (Contrucção de)

Alvará, pelo qual V. Magestade he servida Ordenar, que se proceda ás Obras da Construcção das Estradas Principaes desta Capital, até á Cidade do Porto, e Encanamento do Rio Mondego, debaixo dos Methodos, Regulamentos, e Planos, que tem adoptado... dado no Palacio de Nossa Senhora da Ajuda em 28 de Março de 1791

Alvará, pelo qual V. Magestade he servida Ordenar, que se proceda ás Obras da Construcção das Estradas Principaes desta Capital, até á Cidade do Porto, e Encanamento do Rio Mondego, debaixo dos Methodos, Regulamentos, e Planos, que tem adoptado... dado no Palacio de Nossa Senhora da Ajuda em 28 de Março de 1791

Ref.: B0608

Não Disponível
Notificar-me quando disponível
Inserir Dados

ALVARÁ, PELO QUAL V. MAGESTADE HE SERVIDA ORDENAR, QUE SE PROCEDA ÁS OBRAS DA CONSTRUCÇÃO DAS ESTRADAS PRINCIPAES DESTA CAPITAL, ATÉ Á CIDADE DO PORTO, E ENCANAMENTO DO RIO MONDEGO, DEBAIXO DOS METHODOS, REGULAMENTOS, E PLANOS, QUE TEM ADOPTADO... DADO NO PALACIO DE NOSSA SENHORA DA AJUDA EM 28 DE MARÇO DE 1791

P.f. preencha e envie o formulário - quando esta obra estiver disponível receberá um e-mail automático a dar-lhe conta
Nome
Endereço de e-mail

(Lisboa): Na Officina de Antonio Rodrigues Galhardo, 1791.-14p.; 29cm.-B.

Trata-se da da significativa determinação real para a construcção da estrada de Leiria ao Porto (que tinha que ter 40 palmos de largura!) e para se proceder ao encanamento do Rio Mondego. Com evidente interesse para a história da Engenharia no nosso país.

n.d.



Mais obras do(s) tema(s)   Legislação antiga